Cientistas descobrem os ingredientes de uma boa mãe

Você não é a única interessada em aumentar a performance do seu filho. Os estudiosos também querem saber exatamente o quanto os pais influenciam o desenvolvimento de seus filhos. Psicólogos do comportamento têm pesquisado o assunto extensivamente desde a década de 20 e suas descobertas são muito esclarecedoras.

Não se preocupe, prometo não entediar você com jargão científico ou estatísticas.

Um estudo que merece destaque ficou conhecido como estilos parentais. Embora a tarefa de educar filhos compreenda uma complexa gama de comportamentos e práticas, os cientistas puderam identificar quatro estilos diferentes de pais além de sugerir determindadas consequências a partir de cada abordagem usada pelos pais na educação de seus filhos.

Dos quatro estilos, destaco os três primeiros como relevantes para você. Porque?

Porque não acredito que faça parte do estilo negligente ou abusivo uma vez que se preocupa em ler sobre o assunto.

Os estilos são uma interpretação direta dos níveis de exigência e dedicação que pais apresentam em sua forma de educar. Discutiremos isso mais adiante. Primeiro, vamos conhecer os estilos.

Resumindo…

Mãe Permissiva

 Pais Permissivos: são indulgentes, lenientes, não tradicionais, nãe exigem comportamento maduro e evitam confrontamentos; Podem ser democráticos, que apesar de lenientes são mais moderados e conscienciosos.

Mãe Autoritária

Pais Autoritários: esperam que suas ordens sejam obedecidas sem questionamentos; Promovem um ambiente onde prevalece a ordem e regras claras. Podem ser não-autoritários- diretivos pois não são autocráticos em poder ou autoritários-diretivos, que são mais intrusivos.

 

Mãe Autoritativa

Pais Autoritativos: monitoram e impõem padrões claros para seus filhos, são assertivos mas não intrusivos. Seus métodos disciplinares não são punitivos, mas educativos.

 

 

Pais Ausentes: apresentam baixos níveis de exigências e responsividades (atitudes compreensivas). Em casos extremos podem ser negligentes ou apresentar características de rejeição. Mas na maioria dos casos desse estilo, eles estão dentro da normalidade.

Você deve estar se perguntando: “Porque preciso saber sobre estilos parentais?”

Calma… guenta mais um pouquinho.

O estilo associado com melhores resultados em melhor formação  das crianças e adolescentes é o Autoritativo. Trata-se de um padrão de comportamento dos pais que promove equilíbrio entre as exigências e concessões que pais costumam fazer.

Essa informação tem grande valor para os pais que desejam o melhor para os seus. Eu não acredito em que as pessoas sejam aprisionadas por um rótulo. Não se pode negar às pessoas a possibilidade de autotransformação. O filósofo dinamarquês Søren Kierkergaard dizia: “Quando você me rotula você me anula”.

Por esse motivo, acredito que saber qual é o estilo parental que predomina em sua forma de educar concorrerá para aumentar sua consciência e dirigir sua atenção para promover os ajustes necessários em seu comportamento.

Toda transformação tem início na Autoconsciência. Enquanto que a Atenção é o segredo para qualquer processo de melhoria. Você não é o seu estilo parental. Ainda que esteja produzindo resultados de uma mãe permissiva, isso pode se mostrar uma condição apenas temporária em sua vida.